Share This Post

Amor / Crescimento

Relacionamento para uma boa vida

amor relacionamento paixão romance traição

Estudo de Harvard diz que fama e dinheiro não são os principais fatores para a saúde e para uma boa vida, mas sim os bons relacionamentos.
A pesquisa durou 75 anos, exames médicos foram feitos, análise dos cérebros, ouviram-se os pais, e depois de alguns anos as mulheres e os filhos, a pesquisa contou com um grupo de 724 homens divididos entre estudantes de universidade e moradores de bairros mais humildes de Boston.
A pesquisa se tornou famosa com a palestra do psiquiatra Robert Waldinger. “Quando reunimos tudo o que conhecíamos sobre eles, na idade dos 50 anos, não foram os níveis de colesterol que anunciavam como eles iriam envelhecer. Foi o grau de satisfação que sentiam nas suas relações. As pessoas que se sentiam mais satisfeitas com as suas relações, aos 50 anos, foram as mais felizes aos 80 anos.”

Satisfação vem dos bons relacionamentos ao longo da vida,

A pesquisa diz que não é preciso se ter muitas conexões ou parentes, poucos já são o suficiente. Então a pesquisa concluiu que: relações sociais são boas e a solidão mata; o que conta é a qualidade do relacionamento e não a quantidade de amigos; e as boas relações protegem não só o corpo como também o cérebro.
“As pessoas que têm relações de confiança mantém a memória durante mais tempo. Pessoas que com relações em que sentem que não podem contar com o outro têm um declínio de memória mais precoce”, completa o pesquisador.

Então, não se preocupe se você acha que não tem muitas pessoas ao seu redor, o importante é a ligação que você tem com aqueles que estão próximos, essas pessoas são sua saúde e vida boa. O bom de saber disso é que você pode decidir o quão vantajoso ou prejudicial é permanecer com um relacionamento na sua vida.

Share This Post

Beleza, moda, eventos, celebridades, comportamento, relacionamento e tudo que faz a gente ser amado ou odiado pelo simples fato de sermos autênticos. Me Ame ou Me Deixe: esse nome já diz tudo... dá pra descomplicar?